Skip to content

Delírios Estivais

Agosto 1, 2010

Gosto de putas. Não que seja um dos seus clientes, mas porque sinto nelas uma honestidade escancarada até às entranhas.

piquena

Quando vejo uma determinada corja a andar por aí a falar das medidas drásticas que é preciso fazer para desmontar o Estado e reparo que eles comem, há muito, como alarves, na grande manjedoura pública, nomeadamente no alambazar de chorudas reformas desde tenra idade, só porque fizeram uma passagem, curta, por alguns ninhos dourados, como Banco Portugal e afins financeiros, Comissões de não sei quê, cargos políticos, etc, fico ainda   com mais amor às piquenas que andam a dar o corpo ao manifesto.

Esta gente devia era estar em casa, fechadinhos, a beber mojitos e caipirinhas, e a pedir aos deuses que ninguém se lembrasse deles para abrir o bico, isto claro, se tivessem vergonha na cara.

Mas o que vamos fazer?!, no fundo, é ainda o velho sintoma dos eleitos que estão no varandim e avistam lá em baixo, o povo, essa massa anónima a que acenam e sobre os quais fazem uns discursos, em seu nome, para os entreterem. Ai, a velha Roma ainda tão perto!

Em lugar de andarem a dizer que é necessário cortar isto e aquilo, aos outros, que eu irei continuar pançudo com tudo o que já comi e vou comer, deviam era pôr uma saia travada, saltos altos e ir para uma esquina girar a malinha de mão, ao menos sempre faziam jus ao putedo onde nos meteram.

Anúncios
4 comentários leave one →
  1. camionista permalink
    Agosto 1, 2010 11:58 am

    Tem razão: comparar as putas com os políticos é uma enorme ofensa para elas.

  2. Paula permalink
    Agosto 1, 2010 7:47 pm

    Olá 🙂

    Será que pela primeira vez (será a primeira ou segunda ?) que estou plenamente de acordo ! Eu tambem gosto delas . Mas das verdadeiras !

  3. minda permalink
    Agosto 4, 2010 10:11 am

    olá bp!
    porra! porra! uma vez li numa t-shirt “eu voto nas putas que os filhos já lá estão!”…

    e diss cá para mim… não concordo!!!

    as maezinhas talvez não tenham culpa…

    eles sim… são putedo! mas putedo do caro, do fino… do que se vende porque sim…

    aquelas que, desgraçadamente, “caem na vida”, tem todo o meu respeito!

    beijinhos
    minda

  4. Agosto 7, 2010 10:21 am

    Mas os Senhores vendem-se?

    Nada disso!

    Simplesmente “reajustam as suas prioridades, para, enfrentando os desafios da nova conjuntura, melhor defenderem o Povo Português, razão primeira e única para a sua dedicação à CAUSA PÚBLICA.”

    O facto de nós continuarmos a ser os f***dos, será mais um dos mistérios insondáveis do universo.

    E, como diz a Minda, PORRA! PORRA!

    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: